30 novembro, 2010

Senhor, não me deixe... pq sem Ti nada sou!!!




Abraça-me
André Valadão
Composição: André Valadão

Ensina-me a sentir Teu coração
Jesus, quero ouvir Teu respirar
Tirar Teu fôlego com minha fé
E Te adorar
Jesus, Tu és o pão que me alimenta
O verbo vivo que desceu do céu
Vem aquecer meu frio coração
Com Teu amor
Abraça-me
Cura-me
Unge-me
Toca-me
Vem sobre mim com o Teu manto
Reina em mim com Tua glória
Pois ao Teu lado é o meu lugar
Aleluia, aleluia


SENHOR, PRECISO DE TI MAIS E MAIS....

Deus te perdoa... confesse somente!

A Bíblia diz em Salmos 139:23-24 “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho perverso, e guia-me pelo caminho eterno.” 





A Bíblia diz em 1 João 5:17 “Toda injustiça é pecado; e há pecado que não é para a morte.” 


A Bíblia diz em Mateus 22:37-40 “Respondeu-lhe Jesus: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.” 


A Bíblia diz em Marcos 7:20-23 “E prosseguiu: O que sai do homem , isso é que o contamina. Pois é do interior, do coração dos homens, que procedem os maus pensamentos, as prostituições, os furtos, os homicídios, os adultérios, a cobiça, as maldades, o dolo, a libertinagem, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a insensatez; todas estas más coisas procedem de dentro e contaminam o homem.” 


A Bíblia diz em Romanos 6:23 “Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor.” 


A Bíblia diz em Salmos 139:23-24 “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho perverso, e guia-me pelo caminho eterno.” 


Há algum pecado imperdoável? A Bíblia diz em Lucas 12:10 “E a todo aquele que proferir uma palavra contra o Filho do homem, isso lhe será perdoado; mas ao que blasfemar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado.” 


Se sente que é um pecador já sem remédio, que deve fazer?
Primeiro, reconhecer o seu pecado. A Bíblia diz em Salmos 51:2-4 “Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado. Pois eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim.” 



A Bíblia diz em Salmos 32:1-6 “Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto. Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não atribui a iniqüidade, e em cujo espírito não há dolo. Enquanto guardei silêncio, consumiram-se os meus ossos pelo meu bramido durante o dia todo. Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio. Confessei-te o meu pecado, e a minha iniqüidade não encobri. Disse eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a culpa do meu pecado. Pelo que todo aquele é piedoso ore a ti, a tempo de te poder achar; no trasbordar de muitas águas, estas e ele não chegarão.”

27 novembro, 2010

DEUS É FIEL...



            Fidelidade é a característica de um relacionamento contínuo de Deus com o mundo e do relacionamento desejado por um crente para com Deus e com os outros. O Antigo e o Novo testamento louvam a Deus por sua fidelidade e desafiam o povo de Deus a desenvolver a fidelidade em sua vida. A lealdade firme e a confiança inabalável são consideradas virtudes essenciais para o crescimento pessoal e espiritual.
            "FIDELIDADE" (gr. pistis) é uma das manifestações dos frutos do Espírito que diz respeito a lealdade e a integridade.. As escrituras ensinam que Deus é fiel (Lm 3.22,23). Jesus foi elogiado pelo Pai por sua fidelidade até à morte na cruz (Fp 2.7-10). Muitos daqueles que seguiam ao Senhor foram chamados de fiéis. Moisés foi fiel diante da opressão Hb 11. 23-25), e Rute foi fiel ao experimentar uma grande perda (Rt 1.16). A igreja primitiva foi fiel quando enfrentou perseguições (At 8.4), e Paulo o foi em seu ministério ( 2 Tm 4.6-8).
             Os crentes de hoje são chamados à fidelidade a Deus, a si mesmos e aos outros. Um crente é desafiado a manter a confiança firme em Deus, mesmo em meio às provações e ao sofrimento. A fidelidade a si mesmo é resultado da fé em Deus e vem antes da fidelidade a outros. A confiabilidade e compromisso com os outros são uma expressão essencial da fidelidade em amor e serviço.
             O Senhor disse: "ser fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida" (Ap 2.10). A fé inabalável de um seguidor de Cristo será recompensada durante toda eternidade.

26 novembro, 2010

Se Você For Novo na Fé Cristã




Se você for novo na fé cristã, se recebeu recentemente Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador pessoal, está entusiasmado com sua nova experiência. Isso é saudável e bom. Os anjos de Deus também estão estusiasmados. Jesus disse: "Há júbilo diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende." [Lucas 15:10]
Portanto, como um novo cristão, é muito importante que reconheça sua necessidade pessoal de crescer diariamente na vida espiritual. Para tornar-se uma pessoa forte e espiritual, você precisa seguir as "regras de treinamento" encontradas na Palavra de Deus. Existem seis regras básicas que encontramos sobre o crescimento espiritual:
1. Alimente-se da Palavra de Deus Diariamente
Somos projeto e criação de Deus; portanto, ele nos compreende perfeitamente. Conhece todas nossas necessidades. Sabe das nossas dúvidas, temores e fraquezas. É por este motivo que nos deu sua Santa Palavra. Estudando a Palavra de Deus, aprendemos a compreender a nós mesmos. As tendências pecaminosas da natureza humana são expostas com clareza e somos advertidos a fugir daquilo que contamina e afasta o homem de Deus. "De que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho? Observando-o segundo a tua palavra." [Salmos 119:9] Leia também Salmos 19:7-11.
A Palavra de Deus nutre o espírito do homem. O apóstolo Pedro a compara ao leite em 1 Pedro 2:2, "Desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que por ele vos seja dado crescimento para salvação." Do mesmo modo como a criança precisa do leite para matar a fome, o cristão deve sentir fome pela Palavra de Deus. Quando você tem "fome e sede" [Mateus 5:6] pela Palavra de Deus, e alimenta-se periodicamente dela, o resultado será seu crescimento espiritual!
Mas você pode dizer, "Reconheço que meu apetite pela Palavra de Deus não é como deveria ser. Como faço para despertá-lo?"
Examine sua atitude com relação à Palavra. Você já entregou sua vida à autoridade da Palavra? Reconhece sua necessidade de olhar para o espelho de Deus e ver aquelas coisas que de outra forma não veria? Crê realmente que a Palavra de Deus é viva e eficaz, e poderosa... [Hebreus 4:12] e que pode transformar sua vida? Já passou tempo suficiente com a Palavra de Deus para ficar verdadeiramente satisfeito? Ou está se alimentando em outras fontes e apenas "beliscando" na Palavra de Deus?
Exercite fé verdadeira ao ler a Palavra. Creia que Deus esteja falando a você de uma maneira muito pessoal. Reivindique as promessas feitas a você pessoalmente [quando você atender às condições]. Seja diligente e zeloso em buscar as "gemas" que estão abaixo da superfície. Tenha a certeza de que quanto mais você cavar, mais preciosas serão as gemas que encontrará. Procure as prescrições de Deus para suas necessidades diárias, e depois aplique-as na sua vida cotidiana.
Uma alimentação adequada na Palavra de Deus não somente o guardará da morte espiritual, como também o capacitará a "suportar as dificuldades", como um bom soldado de Jesus Cristo" [2 Timóteo 2:3] Ao lutar contra a tentação, use "a espada do Espírito", que é a palavra de Deus" [Efésios 6:17]. Jesus exemplificou o uso dessa arma quando foi tentado no deserto pelo Diabo. [Mateus 4:1-11].
Além disso, um estudo pessoal da Palavra é essencial para ser "santificado e útil ao seu possuidor e preparado para toda boa obra" [2 Timóteo 2:21]. Se você deseja trabalhar para o Senhor, então estude para "apresentar-te a Deus, aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade." [2 Timóteo 2:15]
Agora, vamos considerar alguns pontos práticos que podem ajudá-lo na leitura e meditação na Bíblia. Se possível, escolha um horário e um local onde possa estar a sós com Deus, livre de interrupções. Certifique-se de estar mentalmente alerta e desligado das outras responsabilidades. Encare esse tempo como um compromisso seu com Deus e dê-lhe a prioridade apropriada. Gaste tempo suficiente para receber uma bênção real. Medite naquilo que você recebeu e compartilhe com outros sempre que tiver oportunidade durante o dia.

2. Preencha sua Vida com a Oração e o Louvor
Quando você medita nas Escrituras, Deus está falando com você. Quando ora ou louva, está expressando seus pensamentos e desejos a Deus. A oração e o louvor estão intimamente relacionados. A oração sempre deve incluir louvor a Deus por sua grandeza, seu amor, sua misericórdia, e assim por diante. O louvor sempre deve ser proferido em uma atitude de oração reverente. Juntos, produzem um espírito de adoração que você deve manter o tempo todo. É assim que podemos cumprir as recomendações em 1 Tessalonicenses 5:16-18, que diz, "Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco."
Para manter o espírito de devoção durante todo o dia, você precisa começar o dia com oração privada e pessoal. Se Jesus, o divino Filho de Deus, achou necessário passar muito tempo em oração particular, quanto mais deveríamos nós sentir a necessidade de passar tempo em oração particular com Deus! Os relatos bíblicos indicam que grandes homens e mulheres de Deus tornaram-se grandes por dedicarem muito tempo à oração.
Quando você preencher sua vida com oração e louvor, logo descobrirá o valor e a recompensa da oração. Que bênção quando aprendemos a lançar sobre o Senhor todas as nossas ansiedades [1 Pedro 5:7] e deixá-las ao seu cuidado! Que consolação tem o nosso coração quando pedimos com fé, crendo que Deus é "poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos" [Efésios 3:20]! Que privilégio e alegria termos um relacionamento de filho com o Pai perfeito [Romanos 8:15]!



Texto retirado do site http://www.espada.eti.br/   - James L. Martin (TODOS OS DIREITOS RESERVADOS)
Postei por achar importantíssimoo!!!


14 novembro, 2010

SERÁ QUE É CHEGADO O FIM??

Há aproximadamente dois mil anos os discípulos preocupados com este assunto consultaram a seu mestre, que lhes revelou algo importante.


"E, estando assentado no monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos, em particular, dizendo: Dize-nos quando serão essas coisas e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo? E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane, porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. E ouvireis de guerras e rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos em vários lugares. Mas todas essas coisas são o princípio das dores" (Mateus 24 3-8).




Se você é daquelas pessoas que gostam de estar em dia com as notícias certamente verá nesta declaração de Jesus Cristo, uma impressionante descrição do que está acontecendo agora mesmo no mundo. É muito provável que já tenha ouvido falar  acerca de `seres iluminados' que asseguram que são a encarnação de Cristo e que vieram para salvar o mundo. Também lerá nos jornais sobre as últimas guerras suscitadas no Oriente Médio e outras zonas de conflito. Lerá acerca dos últimos rumores de guerras anunciadas por astrólogos lendários como Nostradamus ou outros videntes  modernos, se inteirará dos milhares de mortos e milhões de feridos deixados pelo último terremoto em algum lugar do planeta, se informará da última epidemia coletiva nos países europeus e do novo vírus letal criado por acidente em um laboratório de prestigio em manipulação genética. Tomará consciência da desolação na Etiópia, onde seus habitantes morrem por falta de alimentos. Lerá sobre a crise econômica mundial e da terrível taxa de desemprego que está fazendo que cada vez mais pessoas tenham fome, mesmo nos países mais industrializados.


Apesar do incrível cumprimento das palavras de Cristo, devemos levar em conta que embora elas anunciem que Ele vem, estes sinais não são os últimos nem os definitivos. Se leres esta passagem com cuidado notarás que Jesus Cristo disse: "mas ainda não é o fim" e "tudo isto é só o princípios das dores".
Isto mostra que ainda faltam algumas coisas por vir, quais são? 


"Então, vos hão de entregar para serdes atormentados e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as gentes por causa do meu nome. Nesse tempo, muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se aborrecerão. E surgirão muitos falsos profetas e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos se esfriará. Mas aquele que perseverar até o fim será salvo. E este evangelho do Reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as gentes, e então virá o fim" (Mateus 24:9-14).



Observe a diferença da primeira  parte de seu sermão, neste trecho Jesus faz alusão direta aos eventos que devem acontecer pouco antes do fim do tempo, pois termina com as palavras "e então vira o fim". Resumamos estes eventos:
O povo de Deus será entregue à tribulação. Se levantará um ódio generalizado contra eles e lhes perseguirão até a morte.
Os homens odiarão uns aos outros, a maldade multiplicará e o amor de muitos se esfriará.
Falsos profetas se levantarão e enganarão a muitos.
O evangelho do Reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações.

Embora muitos intérpretes citem estes quatros pontos como se tratassem de fatos isolados, o contexto mostra que eles na realidade, fazem parte de uma mesma profecia, pois o ódio e o desamor dos habitantes da terra, somados à obra dos falsos profetas darão como resultado a perseguição e morte daqueles que se levantam para pregar o evangelho do Reino de Deus. Esta conclusão é completamente confirmada por Jesus no livro de Apocalipse:
 Advertência: O que é descrito na passagem seguinte não é literal em todos os seus aspectos. Apenas mostra, por meio de símbolos, os personagens e os eventos implicados no grande conflito que se desencadeará antes da vinda de Cristo.

"6 E vi outro anjo voar pelo meio do céu, e tinha o evangelho eterno, para o proclamar aos que habitam sobre a terra, e a toda nação, e tribo, e língua, e povo7 dizendo com grande voz: Temei a Deus e dai-lhe glória, porque vinda é a hora do seu juízo. E adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas. E outro anjo seguiu, dizendo: Caiu! Caiu babilônia, aquela grande cidade que a todas as nações deu a beber do vinho da ira da sua prostituição! 9 E os seguiu o terceiro anjo, dizendo com grande voz: se alguém adorar a besta e a sua imagem e receber o sinal na testa ou na mão10 também o tal beberá do vinho da ira de Deus, que se deitou, não misturado, no cálice da sua ira, e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro. 11 E a fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso, nem de dia de noite, os que adoram a besta e a sua imagem e aquele que receber o sinal do seu nome. 12 Aqui está a paciência dos santos; aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus.13 E ouvi uma voz do céu, que dizia: Escreve: Bem-aventurados os mortos que, desde agora, morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem dos seus trabalhos, e as suas obras os sigam. 14 E olhei, e eis uma nuvem branca e, assentado sobre a nuvem, um semelhante ao Filho do Homem, que tinha sobre a cabeça uma coroa de ouro e, na mão, uma foice aguda. 15 E outro anjo saiu do templo, clamando com grande voz ao que estava assentado sobre a nuvem: Lança a tua foice e sega! É já vinda a hora de segar, porque a seara da terra está madura! 16 E aquele que estava assentado sobre a nuvem meteu a sua foice à terra, e a terra foi segada" (Apocalipse 14:6-16).
Note que esta passagem de Apocalipse menciona os mesmos elementos de Mateus 24 com uma semelhança impressionante. Comparemos em detalhes as duas passagens:

Mateus 24:9 diz: "então os entregarão à tribulação, os matarão, e sereis odiados por todos por causa do meu nome" e Apocalipse 14: 12,13. Refere-se aos que tem a fé de Jesus. "Aqui está a paciência  dos santos... Bem-aventurados os mortos que, desde agora, morrem no Senhor". A causa de sua morte tem relação direta com a adoração da "imagem" do versículo 9, pois segundo Apocalipse 13:15 a esta haveria de permitir que falasse e fizesse matar a todo o que não a adorasse.
Mateus 24:9,12 assegura que para esta época se haverá "multiplicado a iniqüidade" e que o povo de Deus será odiado por "todos". Apocalipse 14:9 fala de uma entidade chamada "a besta", a qual aparece em Apocalipse 13:6-8 "blasfemando contra Deus" e fazendo "guerra contra os santos". E  embora pareça inacreditável, "todos os habitantes da terra" chegarão a estar de acordo com ela (vs. 8).

Mateus 24:11 diz que "muitos falsos profetas se levantarão e enganarão a muitos." Apocalipse 14:9 fala acerca da imposição da "marca da besta" e da adoração a esta entidade "e a sua imagem" fatos que precisamente terão sua origem na obra de um falso profeta: "... o falso profeta, que, diante dela, fizera os sinais com que enganou os que receberam o sinal da besta e adoraram a sua imagem"(Apocalipse 19:20).
Mateus 24:13 diz que "o que perseverar até o fim será salvo". Apocalipse 14:12, falando do povo de Deus diz: "Aqui está a paciência dos santos; aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus".
Mateus 24:14 falando da pregação da última mensagem de misericórdia, diz: "E este evangelho do Reino será pregado em todo o mundo". Apocalipse 14:6 diz: "... o evangelho eterno, para o proclamar aos que habitam sobre a terra, e a toda nação, e tribo e língua, e povo".
Mateus 24:14 diz que imediatamente depois de pregar-se o Evangelho a todas as nações "virá o fim". Apocalipse 14:16 apresenta esta mesma verdade ao dizer "... e a terra foi segada"; pois o Senhor Jesus ensinou  em Mateus 13:39 que "a ceifa é o fim do mundo".
Todo o anterior confirma que Apocalipse é, em si mesmo uma extraordinária ampliação dos eventos expostos pelo Senhor Jesus em Mateus 24:9-14  e que na realidade são uma mesma profecia, por meio da qual podemos saber com exatidão quão perto ou quão distante se encontra o "fim do mundo".
É importante ressaltar que apesar da vinda de Jesus estar muito perto, ainda não está "às portas". Somente quando o mundo inteiro se unir contra o povo de Deus, quando se decrete a morte sobre os que se negam prestar adoração a besta e a sua imagem (lembre que são símbolos), poderemos saber com certeza que a vinda de Cristo é iminente.
Amigo leitor, não permita que seu coração se angustie e desanime com o que diz esta profecia. É certo que os que se neguem a adorar a besta e a sua imagem serão perseguidos até as últimas conseqüências, mas também é certo que Deus é nosso Pai, nos ama e não nos deixará sozinhos na prova:
"Dizei aos turbados de coração: Esforçai-vos e não temais; eis que o vosso Deus virá com vingança, com recompensa de Deus; Ele virá e vos salvará." (Isaías 35:4).


A Bíblia nos diz, também,  que não será necessário que todos os filhos de Deus percam a vida, pois haverá um grande número deles que serão protegidos durante este tempo e verão Cristo voltar sem terem conhecido a morte. O apóstolo Paulo descreve esta verdade de modo que nos anima a colocar nossa esperança no glorioso destino que  espera aos que permaneçam firmes e constantes:
"Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que  morreram em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras" (1 Tessalonicenses 4:16-18).

DIREITOS AUTORAIS DO LINK ABAIXO

http://www.jesusvoltara.com.br/sinaisvinda.htm



01 novembro, 2010

Vigiai...

Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em
derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar;
resisti-lhe firmes na fé, certos de que sofrimentos iguais aos
vossos estão-se cumprindo na vossa irmandade espalhada pelo mundo.
-- 1 Pedro 5:8-9



Satanás não é uma brincadeira ou um "fazer de conta". Ele e
seu poder são reais e querem fazer o mal. Mas, ao invés de gastar
nosso tempo nos preocupando com ele, devemos resisti-lo quando
somos tentados e focalizar em Jesus. Ele é único que ganhou a
batalha no Calvário, triunfando sobre Satanás. Ele tomou a maior
arma de Satanás. Agora podemos resistir e Satanás fugirá de
nós.

"Se Satanás é tão diligente em tentar-nos, deveríamos ser sempre igualmente diligentes em vigiar para impedir as suas tentações. O Sr. Latimer, num dos seus sermões, no qual censura a preguiça do clero, especialmente a dos bispos daqueles dias, propõe-lhes o exemplo dos profetas e dos apóstolos, além do exemplo do próprio Cristo, cuja diligência em pregar deveria estimular àqueles preguiçosos. Mas, disse-lhes, se não quiserem seguir o exemplo dos santos, sigam o de Satanás, que anda sem cessar para cá e para lá na diocese dele. Considerem o seu exemplo em fazer o mal, para que saibam como fazer o bem. Neste ponto, podemos levar em conta o exemplo do Maligno: devemos nos dispor a fazer o bem, do mesmo modo que ele se dispõe a fazer o mal; devemos estar alertas contra ele, assim como ele está contra nós. Se ele se ocupa em andar pelo mundo a fim de devorar almas, então, aonde andarmos no mundo, seja aqui ou acolá, devemos guardar cuidadosamente a nossa alma e ganhar a alma dos outros." 


  • Bem vindos!

    Minha foto
    "Se da graça e da misericordia de Deus eu viver consciente, se nelas eu crescer e se for grata por elas, minha vida glorificará ao Senhor!"

    "Era a terra sem forma e vazia; trevas cobriam a face do abismo, e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas." Gn 1. 1

    "Saberás que EU sou o SENHOR e que os que esperam em mim não serão envergonhados" Is 49.23b

    Eis que Deus não rejeita ao íntegro, nem toma pela mão os malfeitores. [Jó, 8:20 ]